fbpx

Alunos, formandos e affairs questionam-nos frequentemente sobre ferramentas de tradução.

A verdade é que a melhor tecnologia continua a ser, irrefutavelmente, o dicionário. O clássico dicionário em papel, sim, mas também as inovações, claro. Esta resposta gera quase sempre expressões de desilusão – “O dicionário? Então e o Google Translator?”

Livro com expressãoEu não tenho nada contra o Google Translator, mas tenho tudo a favor do gist – da compreensão do sentido global antes dos detalhes (isto dá pano para um post futuro).

Apesar de amplamente melhorado pela web 3.0, o Google Translator tem ainda dificuldade em compreender segundos sentidos, atropelando-os por vezes com uma tradução literal.

Há pouco tempo, um amigo techie partilhou comigo que havia descoberto um software fabuloso. Confesso que não experimentei, mas parece muito interessante. É pago.

Note 1: English Affair® gets absolutely no direct benefit from mentioning the tools above, but the enhancement of our affairs’ learning process.

Note 2: Without proper framing and orientation, the tools we shared work as nothing but pills to disguise a symptom, instead of the cure for the disease. And this is cheating.

Precisa de ajuda com o Inglês? Estamos à sua espera para um chá. Marque aqui.

Deixar comentário